fbpx

Vai chorar ou vender lenços? – Edição Corona Vírus

Inicial » Vai chorar ou vender lenços? – Edição Corona Vírus

O pessimista vê dificuldade para cada oportunidade; O otimista vê oportunidade em cada dificuldade.

Quem é você?

Não gosto de crise. Mas, se ela é inevitável, vou estudar maneiras de produzir e prosperar no meio dela. Já parou para pensar que quando falta energia, mais velas são vendidas? Quando falta água, ou a crise da Cedae que teve no Rio de Janeiro, mais água mineral é vendida. Quando a gasolina está cara, mais carros elétricos são vendidos. Quando o preço da energia elétrica sobe, mais painéis elétricos são vendidos. Quando o desemprego aumenta, mais profissionais precisam investir em qualificação para aumentar sua empregabilidade. 

Como se defender da crise? Não fique preso a nenhum paradigma. Esteja bem posicionado ou mude de posição para surfar a melhor onda. Na crise, as cartas são redistribuídas, o dinheiro muda de mão e as chances de subir os degraus é ainda maior.  Como alguém já disse:

“Enquanto uns choram, outros vendem lenços”.

A palavra “crise” vem do latim crisis. A expressão latina significava “momento decisivo”, “momento de separar o bom do ruim”. Traduzia o conceito de que era hora de escolher entre ficar paralisado em frente às portas que se fecharam, conformando-se com a situação e simplesmente aguardando que a fase ruim passasse, ou criar outras saídas e percorrer os caminhos diferentes que elas oferecem, aproveitando cada nova oportunidade. Enfim, a expressão diz respeito à escolha entre juntar-se aos que choram ou vender lenços para eles e lucrar algo com a tristeza geral.

Momentos de crise são superados sempre com criatividade, ousadia, inteligência, coragem, fé, muito trabalho e luta. Certamente atravessaremos momentos de turbulência, o que só me instiga a jogar bem com as cartas que tenho nas mãos e a buscar sempre as melhores soluções para os problemas que surgirem, em vez de correr em loop e ficar ruminando os problemas sem me mover para sair deles.

 

A comunicação é fundamental para interpretar os cenários, abrir novos caminhos, traçar estratégias vencedoras, promover o estímulo de mercado e catalisar novos negócios. Por mais que vivenciamos um período cada vez mais tecnológico, o ser humano ainda é o que faz tudo acontecer.

“Os problemas já existem. O que precisamos são soluções.”

O problema já está aí, o vírus já está em nosso país, o que importa agora é o que vamos fazer a respeito. Não podemos ir ao shopping? É o momento do e-commerce, não pode ir a restaurantes? Vamos pedir por aplicativo. Não podemos ir ao trabalho, Home office. Para cada problema uma solução. Dizem que somos um dos povos mais criativos do mundo, que temos que ser estudados pela Nasa e que até dominaríamos o mundo mas deixamos pra depois. Está na hora de mostrarmos isso driblando esta crise e sempre lembrando, álcool em gel, luva, máscara e a consciência em dia para não transmitirmos para as pessoas em grupo de risco.

Monetização - Transformando a crise em dinheiro

Agora que já fizemos nossa introdução sobre sermos otimistas e buscarmos soluções e oportunidades nos problemas que vamos enfrentar, vamos falar sobre como fazer isso. É a hora de vendermos nossos lenços. Falando em vender, já conhece nosso serviço de gestão de resultados? Clica no botão abaixo e conheça

O Covid-19 está em todo mundo e não há nada que possamos fazer para mudar isso, a não ser que você seja um cientista. O que está ao nosso alcance é como vamos reagir a isso, além das precauções diárias, devemos aproveitar este momento para virar a mesa, redistribuir as cartas e assumir o comando do jogo. Enquanto muitas pessoas estavam “chorando” eu recebi um e-mail de uma pessoa que estava “vendendo lenços”.

A criatividade foi tamanha que tivemos que escrever a respeito. Simplesmente estão vendendo um curso de como se proteger e o que se deve fazer nesta crise de saúde. E o melhor, você ganha um certificado. A estruturação do e-mail foi perfeita, repare que eles iniciam colocando uma necessidade imediata “O corona vírus é uma pandemia que está tomando o mundo todo”, aqui já me causou uma necessidade “o que eu preciso fazer?” E eles continuam “Nesse tempos incertos você precisa estar atualizado para proteger a si e aos outros” Desta forma colocam em sua cabeça que você precisa de uma solução para se proteger e proteger sua família. Logo depois vem a solução “Aprenda com nosso curso e ganhe um certificado ensinando o que você, sua família, amigos e comunidade devem saber” Utilizam um gatilho de emoção nesta frase colocando pessoas próximas em algum tipo de “necessidade” para que possamos procurar a solução, afinal ninguém quer que aconteça algum mal a sua família ou amigos. 

Logicamente é um curso gratuito, porém se tornou um produto de entrada para você conhecer o site. Eles se diferenciaram, aproveitaram uma crise para poder vender lenços, ou melhor, para vender os seus cursos. Além de orientar as pessoas a fazer o correto e superar o vírus, eles criaram a porta de entrada perfeita para os cursos que eles vendem. 

Sendo assim eu te pergunto:

 Quando você vai vender o seu “curso” sobre o corona vírus? Quando você vai começar a “vender lenços” no seu negócio? 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima
× WhatsApp